Análise da rodada: o que aconteceu no Dia #3 da Pro League S10?

Análise da rodada: o que aconteceu no Dia #3 da Pro League S10?

Destaques, declarações e estatísticas que tomaram conta da semana

Por Luiz Queiroga


A Pro League latino-americana contou com partidas emocionantes pelo Dia #3 na última quarta-feira (26) na abertura da Semana #2 de confrontos.

O topo da tabela, agora, tem um duelo disputadíssimo entre FaZe Clan e Ninjas in Pyjamas - as únicas equipes do regional que ainda não perderam. 

Terceira colocada, a Team oNe tem muito o que agradecer a Luca "LuKid" Sereno já que ele foi o fôlego necessário para a equipe vencer de virada a Immortals por 7 a 5 com um desempenho avassalador: foram nada menos do que 20 kills e apenas cinco mortes, o que resultou num incrível K.D de 4.20.

A RODADA

melhores momentos

Fala aí!

A virada de chave

A Team oNe sofreu para ganhar a partida em cima da Immortals. Foram quatro rounds de derrota logo de cara. LuKid explicou o que o time fez para entrar de vez na partida e virar as parciais.

A gente viu que eles trabalhavam muito bem pegando uma kill separada, dominando uma área muito grande. Então decidimos fazer as táticas que ficamos mais safe no bomb e trabalhar em cima do tempo. Quando fomos para o ataque, a comunicação também melhorou.

VÊ UM KAFE AÍ!

Questionado pelo Retalha na entrevista durante a transmissão da Pro League, João "Kamikaze" Gomes comentou sobre o padrão que já podemos ver das equipes na reformulada Kafe Dostoyevsky.  

"Não só dos brasileiros, mas os gringos também estão jogando bem parecido até. Aquele bomb de baixo (a copa). Tá todo mundo jogando muito parecido, com o mesmo padrão. Acho que alguém vai começar a jogar diferente e aí sim mudar um pouco."

rolezinho fora do brasil

Mesmo já classificada para o próximo Major, a FaZe Clan topou o convite de jogar a DreamHack Valencia - e o manager Leandro "tgk" Portela explicou o motivo.

"Os meninão vão. Eu nem o Marlon (coach) vamos por uma questão de custo, que é muito alta. Eles vão para aquela questão de feeling, sabe. Ter mais experiência, entrar em sintonia com o estilo de jogo do pessoal da Europa e Estados Unidos."

CAMINHO DAS PEDRAS

A Black Dragons apresentou erros nas duas primeiras rodadas que não vimos pelo Dia #3. Retalha quis saber um pouco mais de Vitor "hugzord" Hugo como se deu essa evolução tática.

"Focamos em ajustar as falhas. Pre-set besta. A gente conseguiu consertar tudo colocando um passo-a-passo. E aí todo round que pulamos esse passo-a-passo, perdemos. Tipo uma receita de bolo."

RESULTADO QUE NÃO KAID DO CÉU...

A Team Liquid conseguiu um comeback impressionante para empatar a partida contra a INTZ gastando o tempo na defesa. Paluh comentou melhor sobre a estratégia pra buscar a recuperação com operadores como Kaid e Mute.

"Com o Thatcher banido, resolvemos recuar no bomb e forçar os caras a gastarem tudo para quebrar nossa defesa. Por isso tivemos choque, Mute, o que seja... Isso tudo atrasou muito eles."

sabor amargo

Quem também sentiu bastante o banimento de Thatcher foi a INTZ. Eduardo "Dudds" Torassi admitiu que a equipe sentiu a falta do operador no ataque.

"É difícil atacar, hein... O único jeito de abrir a varanda é com HE, pela janela ou indo por baixo. Acaba sendo uma complicação tremenda. A gente não teve sincronismo suficiente para conseguir atacar , mas tudo bem. Pelo menos defendemos bem."

CLASSIFICAÇÃO GERAL

agenda

As emoções da décima temporada da Pro League latino-americana retornam nesta sexta-feira (28) pelo Dia #4, a partir das 19h (horário de Brasília) nas vozes deles: André "Meligeni" Santos e Otávio "Retalha" Ceschi, via canais oficiais da Rainbow Six Esports Brasil!

Fechar Menu