Análise da rodada: o que aconteceu no Dia #4 da Pro League S10?

Análise da rodada: o que aconteceu no Dia #4 da Pro League S10?

Destaques, declarações e estatísticas que tomaram conta da semana

Por Luiz Queiroga


A Pro League latino-americana permaneceu com o topo da tabela bastante disputado entre duas equipes após os confrontos do Dia #4 na sexta-feira (28) pelo encerramento da Semana #2.

Assim como na rodada anterior, FaZe Clan e Ninjas in Pyjamas se mantiveram invictas e estão empatadas com os mesmos 10 pontos na tabela.

A RODADA

melhores momentos

Fala aí!

ATAQUE ATRASADO

A vitória da NiP em cima da Team oNe foi bastante suada. De acordo com Julio "julio" Giacomelli, isso se deu muito por conta do trabalho da defesa adversária.

“Acho que como você falou do Capitão, Maverick atrasa muito o jogo, então a gente acaba se atrasando por si só. Por exemplo, os operadores eles também agressivam muito, tipo o Skadinha na capela, eles jogam muito agressivo. Isso acaba atrasando mais o jogo, e fica difícil atacar assim... E acho que tanto eles quanto a gente joga assim, agressivando na defesa. Essa foi a parte ruim de jogar no ataque”

FALTA SOLIDEZ

A Team Liquid ainda não emplacou nesta temporada. De acordo com André "nesk" Oliveira, isso se deu muito em função do time não ser sólido no ataque ainda - ao contrário da defesa. O caminho é entrosar ainda mais o jogo coletivo.

"Cara, acho que a gente não tá sabendo encaixar um pouco o ataque no mapa. A gente tá ficando meio perdido no meio do round, não sabendo o que fazer. Porém, nossas defesas estão bem sólidas. A gente jogava mais agressivo, e hoje estamos optando por jogar mais assim, né, estamos procurando jogar nós cinco juntos. Porque nem sempre dá pra depender [de um só jogador brilhando]. Nós cinco temos que estar 'redondinhos', com a estratégia bem afiada. Nem sempre um ou outro vão conseguir brilhar."

MEROS MORTAIS

Ainda sem vitórias nesta temporada, a Immortals admite que ainda está tentando se entender quanto ao desempenho apresentado até agora. Daniel "Novys" Novy sabe que é preciso de mais calma.

"Acho que a gente vem passando por uma fase, né? Tá sendo bem complicado pra gente. E na verdade não sabemos muito bem o que fazer, o que é o certo, o que é o errado, mas estamos buscando a solução pra isso. Mas acho o que tá faltando é um pouco mais de calma e adaptação no jogo."

EXORCIZANDO OS DEMÔNIOS

A INTZ bateu a ReD DevilS e conseguiu uma importante vitória na tabela. De acordo com Vitor "IntacT" Janz, isso se deu porque os Intrépidos sabiam o que esperar dos Demônios Vermelhos: muita agressividade.

"Sim, a gente já esperava que eles iriam vir bem agressivos. A gente analisou os VODs deles, inclusive vimos até um pouco da partida, e a gente viu que eles jogavam bem soltos, bem agressivos. Aí a dronagem tomou conta. Nos dois primeiros rounds tivemos uns vacilos, o pessoal conseguiu ganhar da gente na trocação, pegar a gente desprevenido, mas depois jogamos com um pouco mais de calma só, e com mais atenção na dronagem previmos todos os avanços deles."

estatísticas

CLASSIFICAÇÃO GERAL

agenda

As emoções da décima temporada da Pro League latino-americana retornam nesta quarta-feira (10) pelo Dia #5, a partir das 14h (horário de Brasília) nas vozes deles: André "Meligeni" Santos e Otávio "Retalha" Ceschi, via canais oficiais da Rainbow Six Esports Brasil!

Fechar Menu