Análise da rodada: o que aconteceu no Dia #5 da Pro League S10?

Análise da rodada: o que aconteceu no Dia #5 da Pro League S10?

Destaques, declarações e estatísticas que tomaram conta da semana

Por Luiz Queiroga


A Pro League latino-americana continua com duas equipes dominantes na parte de cima da tabela após os jogos disputados pelo Dia #5, na abertura da Semana #6 do regional, na última quarta-feira (10).

FaZe Clan e Ninjas in Pyjamas permanecem invictas até o momento, enquanto a Red DevilS segue sem nenhuma vitória na lanterna do campeonato.

A RODADA

melhores momentos

Fala aí!

dEGUSTANDO O KAFE

A FaZe Clan sofreu para vencer a partida em Kafe Dostoyevsky diante da Team oNe. O diferencial nessa disputa foi a forma como as equipes jogaram enquanto estavam no ataque. Ronaldo "ion" Filho comentou sobre.

"Acho que no Brasil, os times demoram mais pra fazer esse avanço. Na Europa, os caras só vêm... Eles jogam um drone no piano, só vai todo mundo entrando de uma vez só, e pega a gente muito de surpresa. O Kafe dos europeus é muito agressivo, dependendo do bomb. No bomb de cima eles são muito agressivos, e no ataque também. No Brasil, a gente acha o Kafe mais lento no geral, então a gente joga mais 'safe' e acaba sendo muito mais fácil."

INCOMODANDO OS DRAGÕES

A vitória esmagadora da INTZ em cima da Black Dragons veio porque o time soube aproveitar as brechas que a BD dá para times agressivos, como explicou Eduardo "Dudds" Torassi. 

"Com os estudos, a gente sabia que a BD tinha problema em atacar times agressivos. Eles perdem muitos drones e não têm tanta atitude pra entrar quando o time adversário está agressivo. Então foi esse o pensamento que a gente teve: 'Vamos agressivar ao máximo pra eles se sentiram fora do mapa mesmo.'"

SOLTANDO OS CACHORROS

A Team Liquid percebeu que precisava soltar os entry fraggers para chamar as vitórias na Pro League. Sem precisar se preocupar com as rotações, Luccas "Paluh" Molina demonstrou bastante alívio à respeito.

"Muitas vezes, a gente deixava eu ou mesmo o Nesk marcando rotação, e isso não estava funcionando - até porque a gente geralmente inicia as eliminações. Isso estava atrapalhando muito. A gente perdia muito poder de fogo. Resolvemos então reformular todo o nosso ataque e agora pra frente isso vai acontecer muito mais."

NINJAS ENTROSADOS

A Ninjas in Pyjamas se manteve invicta na Pro League muito por conta do team play bem encaixado. Como explicou o coach Arthur "AR7HUR" Aguiar, as mudanças de função ajudaram nessa química.

"As funções estão muito bem encaixadas. Desde que o Kami foi pra suporte, o Muzi pegou mais essa função de marcação de costas. Tudo encaixando muito bem. Ele joga muito bem essa função e tá pegando muita kill assim, então isso tira um pouco o peso do Psycho pegar 15, 20 kills por partida."

estatísticas

CLASSIFICAÇÃO GERAL

agenda

As emoções da décima temporada da Pro League latino-americana retornam nesta sexta-feira (12) pelo Dia #6, a partir das 19h (horário de Brasília) nas vozes deles: André "Meligeni" Santos e Otávio "Retalha" Ceschi, via canais oficiais da Rainbow Six Esports Brasil!

Fechar Menu